O QUE FAZER SE A CRIANÇA BATER A BOCA OU QUEBRAR O DENTE?

O QUE FAZER SE A CRIANÇA BATER A BOCA OU QUEBRAR O DENTE?

O traumatismo dental é um momento delicado para a criança e seus responsáveis. Na infância, o traumatismo dental é uma ocorrência comum em crianças com idade entre 1 e 4 anos principalmente durante a fase em que estão aprendendo a caminhar, o que as torna suscetíveis a quedas.O traumatismo na dentição decídua pode levar a sequelas tanto nos próprios dentes traumatizados quanto em seus sucessores. Em qualquer caso de ferimento na boca do bebê ou criança, deve-se entrar em contato o mais rápido possível com a Odontopediatra. Ela fará um exame na área afetada e determinará o melhor tratamento. Logo após a ocorrência do trauma, deve-se lavar a boquinha da criança, estancar qualquer tipo de sangramento com uma gaze ou fraldinha de pano limpa e se dirigir ao consultório odontológico. Se o dente fraturar, ou seja quebrar um pedacinho, é possível fazer uma colagem, mas, para isso, os pais devem lavar o pedacinho que caiu em água corrente e deixá-lo em um recipiente com soro fisiológico, leite ou mesmo saliva. Esse procedimento é importante para manter o dente hidratado e ele não perder a coloração natural. Se o pedaço de dente não for encontrado, a Odontopediatra fará a restauração do dente com materiais estéticos. Se o dente intruir (entrar na gengiva) a Odontopediatra avaliará a gravidade do caso e estabelecerá a melhor conduta a ser tomada. Em muitos casos, quando ocorre esse tipo de trauma, os dentes voltam ao seu lugar normalmente. Quando o dente permanente da criança avulsiona (sai por inteiro da cavidade bucal)deve-se realizar o mais rápido possível o reimplante. Se os pais conseguirem, reposicione o dente no local da avulsão ( sem tocar na raiz, pegando o dente pela coroa) e procure imediatamente a Odontopediatra. Caso contrario, coloque o dente em um recipiente com soro fisiológico, leite ou saliva e deixe que a profissional faça o reimplante. Se a avulsão acontecer com o dente de leite, o reimplante não está recomendado, pois a chance de sucesso é minima. É muito importante que o profissional examine a criança o mais rápido possível.Se a criança ainda for muito novinha e o reimplante não foi possível, pode ser necessário a utilização de um mantenedor de espaço, para que os dentes vizinhos não ocupem o espaço do dente perdido e consequentemente não atrapalhe a erupção dos dentes permanentes.Todo dente que sofre traumatismo deve ter acompanhamento clínico e radiográfico por um longo período pois podem acontecer complicações decorrentesdo trauma.A Odontopediatra ficará atenta a todos esses sinais e realizará todos os procedimentos para manutenção da saúde bucal. A ORTHOi está pronta para cuidar de todas as crianças e bebês com profissionais altamente especializados.

 

Profa Dra Aletéiuradora UNESP SJC/Universität Regensburg Alemanha.

2018-01-30T12:18:27+00:00 Odontopediatria|